Mesmo condenado, Lula é preferido de 33%, revela pesquisa

Pesquisa realizada pela empresa #Pesquisa365 mostra que o ex-presidente segue à frente na corrida presidencial, com 22% dos votos espontâneos; a pesquisa deixou claro aos eleitores que Lula talvez não possa concorrer, por conta de sua condenação na Lava Jato. Mas, perguntou, caso o petista pudesse disputar se votariam nele: 32,9% responderam que sim

lula
lula (Foto: Charles Nisz)

Paraná 247 - Mesmo condenado em segunda instância pelo TRF4, a 12 anos e 1 mês de prisão, o ex-presidente Lula é o preferido entre os candidatos à presidência por 33% dos brasileiros. É o que aponta uma pesquisa realizada pela empresa #Pesquisa365 e divulgada nesta sexta-feira 9 pelo jornal Gazeta do Povo, do Paraná.

Em votação espontânea, o ex-presidente segue à frente na corrida presidencial, com 22% dos votos. O deputado Jair Bolsonaro (PSC) aparece em segundo, com 12,4%. Bem abaixo estão Ciro Gomes (PDT), com 4,1% e, em quarto lugar, Marina Silva (Rede), com 2,6%. Ela é seguida de perto, em empate técnico, por Geraldo Alckmin (PSDB), com 2,5% das intenções de voto. 

A pesquisa deixou claro aos eleitores que Lula talvez não possa concorrer, por conta de sua condenação na Lava Jato. Mas perguntou, caso o petista pudesse disputar, se votariam nele: 32,9% responderam que sim. Outros 37,1% dos entrevistados escolheriam ouro nome e 21,5% votariam nulo ou em branco nesse caso.

A pesquisa entrevistou 2.000 eleitores de 85 cidades, nos 27 estados do país, entre os dias 2 e 7 de fevereiro. A margem de erro é de 2,2%, para mais ou para menos, com grau de confiabilidade de 95%.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247