Ministra diz na ONU que governo Temer ‘combate a corrupção’

Em discurso no Conselho de Direitos Humanos da ONU, ministra da pasta, Luislinda Valois, disse que o Brasil tem "apego à lei e à Justiça e, acima de tudo, o caráter aberto e democrático de nossa sociedade e de nosso sistema político" e afirmou que o governo Temer "combate a corrupção"; segundo ela, "o Brasil está de volta, de forma plena"

Em discurso no Conselho de Direitos Humanos da ONU, ministra da pasta, Luislinda Valois, disse que o Brasil tem "apego à lei e à Justiça e, acima de tudo, o caráter aberto e democrático de nossa sociedade e de nosso sistema político" e afirmou que o governo Temer "combate a corrupção"; segundo ela, "o Brasil está de volta, de forma plena"
Em discurso no Conselho de Direitos Humanos da ONU, ministra da pasta, Luislinda Valois, disse que o Brasil tem "apego à lei e à Justiça e, acima de tudo, o caráter aberto e democrático de nossa sociedade e de nosso sistema político" e afirmou que o governo Temer "combate a corrupção"; segundo ela, "o Brasil está de volta, de forma plena" (Foto: Felipe L. Goncalves)

247 - Em discurso no Conselho de Direitos Humanos da ONU, a nova ministra da pasta, Luislinda Valois, afirmou que o Brasil, após um golpe parlamentar que depôs a presidente eleita Dilma Rousseff, tem "apego à lei e à Justiça e, acima de tudo, o caráter aberto e democrático de nossa sociedade e de nosso sistema político".

Segundo ela, o governo Temer – que fez indicações suspeitas ao STF (Alexandre de Moraes) e ao ministério da Justiça (Osmar Serraglio) – tem como uma de suas prioridades combater a corrupção e assegurou que "o Brasil está de volta, de forma plena". O relato é do jornalista Jamil Chade.

O País, que se manteve fora do Conselho por um ano por decisão do governo Dilma Rousseff, decidiu retornar no fim do ano passado, tendo reassumido o posto nesta segunda-feira 27, diante de questionamentos e forte resistência de ONGs e de outros governos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247