Moro agora reclama das fake news que disseminou por anos

O ex-ministro e ex-juiz Sérgio Moro anda reclamando com frequência de ataques nas redes pelo exército de robôs bolsonaristas. No entanto, ele não revela que foi cúmplice da rede de mentiras que elegeu Bolsonaro

Ex-ministro Sergio Moro 10/12/2019
Ex-ministro Sergio Moro 10/12/2019 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro e ex-juiz  Sérgio Moro anda reclamando com frequência de ataques nas redes pelo exército de robôs bolsonaristas. No entanto, ele não revela que foi cúmplice da rede de mentiras que elegeu Bolsonaro. 

Além de construir um processo fraudulento contra o ex-presidente Lula, Moro manipulou o processo eleitoral para beneficiar Bolsonaro, publicando um depoimento de Antônio Palocci às vésperas do segundo turno, prejudicando assim Fernando Haddad. 

Logo em seguida, Moro aceitou o convite para ser o ministro da Justiça de Bolsonaro. 

Enquanto ministro, Moro também nunca criticou às diversas fake news espalhadas pelo gabinete do ódio. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247