Moro deixa de seguir Bolsonaro nas redes

Depois de pedir demissão do governo acusando Jair Bolsonaro de tentar interferir em investigações da Polícia Federal, Sérgio Moro deu unfollow em Bolsonaro no Twitter

Moro e Bolsonaro.
Moro e Bolsonaro. (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro não está mais seguindo o perfil de Jair Bolsonaro no Twitter. O unfollow de Moro em Bolsonaro foi registrado neste domingo. Bolsonaro até o momento ainda segue o ex-juiz da Lava Jato.

Alvo de campanha de ataques orquestrada pelo gabinete do ódio, que segundo a Polícia Federal é comandado pelo vereador Carlos Bolsonaro, Sérgio Moro disse mais cedo que não preocupa com a campanha nas redes sociais que tenta desqualificá-lo após sua saída do governo.

Bolsonaro foi ao Facebook neste domingo para atacar diretamente o Moro. Bolsonaro fez questão de carimbá-lo como mentiroso e também compartilhou um link do youtube para reforçar sua posição. "Lamentavelmente o ex-ministro mentiu sobre interferência na Polícia Federal", disse Bolsonaro. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247