'Não me interessa o que fizeram no verão passado', diz Ciro após assinar manifesto com a direita

Ciro Gomes (PDT) disse que não se interessa pelo que possíveis aliados de direita "fizeram no verão passado" e que tem dois objetivos para o próximo ano: derrotar Jair Bolsonaro e apresentar um Projeto Nacional de Desenvolvimento.

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ciro Gomes (PDT) disse em suas redes sociais nesta sexta-feira (2) que não se interessa pelo que possíveis aliados "fizeram no verão passado" e que tem dois objetivos para o próximo ano: derrotar Jair Bolsonaro e apresentar um Projeto Nacional de Desenvolvimento.

A manifestação de Ciro Gomes pelo Twitter ocorre depois que o ex-governador do Ceará assinou um manifesto em defesa da democracia ao lado de outros cinco potenciais candidatos à presidência que apoiaram o golpe de 2016 e foram estratégicos na vitória de Jair Bolsonaro em 2018:  o apresentador Luciano Huck (sem partido), o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), os governadores João Doria (PSDB-SP) e Eduardo Leite (PSDB-RS) e o ex-presidente do partido Novo, João Amoedo.

Saiba mais 

O PDT pode abrir mão da candidatura presidencial de Ciro Gomes em 2022 em busca de consenso com partidos da direita e de “centro” para lançar um único nome, segundo o Valor Econômico.

Ele é um dos possíveis pré-candidatos que assinaram um manifesto articulado por Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro.

A ideia do PDT surgiu justamente após a divulgação do manifesto, que apareceu como um tipo de frente para as eleições de 2022.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email