No sambódromo, Caetano se rende a Dilma

Antes de desfilar para a Rosas de Ouro, compositor baiano elogiou o governo da presidente por se mostrar menos subserviente a Lula do que ele imaginava

No sambódromo, Caetano se rende a Dilma
No sambódromo, Caetano se rende a Dilma (Foto: Fábio Motta/Agência Estado )

O cantor e compositor Caetano Veloso avaliou que a presidente Dilma Rousseff "se saiu bem" em seu primeiro ano de governo. Para ele, que vê a presidente com "alçada por Lula" ao cargo, a presidente surpreendeu ao se mostrar menos subserviente ao ex-presidente Lula, como ele esperava.

"O governo Dilma está sendo um pouco diferente do que eu pensava. Ele se mostra menos subserviente a lula, ao contrário do se esperava", afirmou no Sambódromo de São Paulo.

De acordo com o compositor, o governo da presidente Dilma era uma incógnita, por conta de inexperiência dela em cargos eletivos. A eleição para a presidência foi a primeira para a qual Dilma Rousseff concorreu. "Ninguém tinha como prever como seria o seu governo porque ela nunca tinha tido um cargo público eletivo.

Já o também cantor e compositor Gilberto Gil, que participará do mesmo desfile e foi ministro do governo Lula, preferiu não falar sobre política. "Não tenho vontade nenhuma de fazer uma avaliação do governo Dilma. Primeiro porque não sou bom avaliador. Segundo porque carnaval não é a hora".

Gilberto Gil contou que esta é sua segunda vez no carnaval de São Paulo. No ano passado Gil participou do desfile das campeãs, e disse que é muito bom reencontrar amigos e ver o tema Tropicália como destaque.

Tropicália e rebeldia é o tema que a Águia de Outro levará para a avenida nesta noite. O desfile contará com a presença de outros artistas que se destacaram nos anos 60 e 70, como Rita Lee e Wanderléa.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247