Odiado pelo Brasil, Temer reforça segurança de Michelzinho

Rejeitado pela quase totalidade da população brasileira após as revelações do empresário Joesley Batista, dono da JBS, de que cometeu corrupção, organização criminosa e obstrução judicial, Michel Temer pediu reforça à segurança de toda a família, em especial do filho Michelzinho

Rejeitado pela quase totalidade da população brasileira após as revelações do empresário Joesley Batista, dono da JBS, de que cometeu corrupção, organização criminosa e obstrução judicial, Michel Temer pediu reforça à segurança de toda a família, em especial do filho Michelzinho
Rejeitado pela quase totalidade da população brasileira após as revelações do empresário Joesley Batista, dono da JBS, de que cometeu corrupção, organização criminosa e obstrução judicial, Michel Temer pediu reforça à segurança de toda a família, em especial do filho Michelzinho (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Na iminência de deixar a presidência da República, seja por cassação do mandato ou por impeachment, já que prometeu não renunciar, Michel Temer demonstrou preocupação com a segurança da família. 

Rejeitado pela quase totalidade da população brasileira após as revelações do empresário Joesley Batista, dono da JBS, de que cometeu corrupção, organização criminosa e obstrução judicial, Michel Temer pediu reforça à segurança de toda a família, em especial do filho Michelzinho.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email