Offshore do coronel de Temer foi batizada com nome da cidade onde fica a sede da CIA

Polícia Federal apreendeu 17 recibos relacionados a uma offshore na casa do coronel aposentado João Baptista Lima Filho, amigo do presidente Michel Temer e alvo da Operação Patmos; os investigadores vão agora apurar a origem dos documentos, informa matéria do Estadão; recibos são relacionados a offshore Langley Trade Co. S.A; Langley é a pequena cidade ao lado de Washington, onde fica a sede da CIA, a agência de investigação e inteligência dos Estados Unidos  

Brasília - Presidente Michel Temer durante anúncio do calendário de saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), em cerimônia no Palácio do Planalto (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Brasília - Presidente Michel Temer durante anúncio do calendário de saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), em cerimônia no Palácio do Planalto (Antonio Cruz/Agência Brasil) (Foto: José Barbacena)

247 - A Polícia Federal apreendeu 17 recibos relacionados a uma offshore na casa do coronel aposentado João Baptista Lima Filho, amigo do presidente Michel Temer e alvo da Operação Patmos. Os investigadores vão agora apurar a origem dos documentos, informa matéria do Estadão. Os recibos são relacionados a offshore Langley Trade Co. S.A.

Na Receita Federal, a Langley está registrada como empresa domiciliada em Montevidéu, capital do Uruguai. "No banco de dados do Panamá Papers, do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, que teve participação de jornalistas do Estado, o endereço está atrelado ao escritório Zolkwer y Asociados", diz o texto do Estadão.

Langley é a pequena cidade ao lado de Washington, onde fica a sede da CIA, a agência de investigação e inteligência dos Estados Unidos.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247