Para 74%, Janot não persegue Temer

Lentamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas mostra que a população brasileira não comprou a tese de que Michel Temer é perseguido pelo procurador-geral Rodrigo Janot; segundo a pesquisa, feita com 2.540 brasileiros, para 74,3% da população, Janot não persegue Temer; outros 22,7% acreditam eu o PGR persegue o peemedebista e 3% não quiseram opinar

Lentamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas mostra que a população brasileira não comprou a tese de que Michel Temer é perseguido pelo procurador-geral Rodrigo Janot; segundo a pesquisa, feita com 2.540 brasileiros, para 74,3% da população, Janot não persegue Temer; outros 22,7% acreditam eu o PGR persegue o peemedebista e 3% não quiseram opinar
Lentamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas mostra que a população brasileira não comprou a tese de que Michel Temer é perseguido pelo procurador-geral Rodrigo Janot; segundo a pesquisa, feita com 2.540 brasileiros, para 74,3% da população, Janot não persegue Temer; outros 22,7% acreditam eu o PGR persegue o peemedebista e 3% não quiseram opinar (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas mostra que a população brasileira não comprou a tese de que Michel Temer é perseguido pelo procurador-geral Rodrigo Janot. 

Segundo a pesquisa, feita com 2.540 brasileiros, para 74,3% da população, Janot não persegue Temer. Outros 22,7% acreditam eu o PGR persegue o peemedebista e 3% não quiseram opinar. 

Após se tornar o primeiro ocupante da Presidência denunciado por corrupção no exercício do mandato, Michel Temer pediu ao Supremo Tribunal Federal que declare Janot suspeito de atuar em ações contra ele. 

Leia, abaixo, a pesquisa na íntegra:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email