Para 77%, Cunha deve ser cassado, diz Datafolha

Pesquisa aponta que de quatro brasileiros, três são favoráveis à cassação do presidente da Câmara, que é réu no Supremo Tribunal Federal por corrupção e conduz o processo de impeachment da presidente Dilma; taxa de reprovação é maior entre mais ricos e mais escolarizados; 11% ainda são contrários à cassação, diz o levantamento

Brasília - Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, recebe representantes de sete parlamentos estrangeiros, para a 6ª Reunião da Assembleia Parlamentar da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Brasília - Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, recebe representantes de sete parlamentos estrangeiros, para a 6ª Reunião da Assembleia Parlamentar da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (Antonio Cruz/Agência Brasil) (Foto: Gisele Federicce)

247 - Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo 10 aponta que de quatro brasileiros, três são favoráveis à cassação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Dos entrevistados, 11% são contrários à cassação.

Os índices são similares aos dados de março da mesma pesquisa, quando 80% defendiam que Cunha fosse cassado e 8%, eram contrários à ideia. A taxa de reprovação ao deputado é maior entre mais ricos e mais escolarizados, de acordo com a pesquisa deste fim de semana.

Cunha é réu por corrupção e lavagem de dinheiro no Supremo Tribunal Federal (STF) e conduz o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Na Câmara, é alvo de um processo de cassação no Conselho de Ética, que se arrasta por conta de suas manobras regimentais na Casa.

Ele é acusado de ter ao menos quatro contas bancárias no exterior, pelas quais se beneficiou com ao menos US$ 5 milhões em propina do esquema de corrupção da Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247