Para evitar vaias, Dilma e Blatter não farão discursos na Copa

"Vamos fazer a cerimônia de uma maneira em que não aconteçam discursos", disse Joseph Blatter, nesta terça (11); questionado sobre a possibilidade de novos protestos e vaias contra o governo brasileiro e a Fifa, ele afirmou que não é "profeta" para saber o que vai acontecer e ressaltou que a situação no país está mais calma agora; "Estou convencido de que a situação se tranquilizou", disse

"Vamos fazer a cerimônia de uma maneira em que não aconteçam discursos", disse Joseph Blatter, nesta terça (11); questionado sobre a possibilidade de novos protestos e vaias contra o governo brasileiro e a Fifa, ele afirmou que não é "profeta" para saber o que vai acontecer e ressaltou que a situação no país está mais calma agora; "Estou convencido de que a situação se tranquilizou", disse
"Vamos fazer a cerimônia de uma maneira em que não aconteçam discursos", disse Joseph Blatter, nesta terça (11); questionado sobre a possibilidade de novos protestos e vaias contra o governo brasileiro e a Fifa, ele afirmou que não é "profeta" para saber o que vai acontecer e ressaltou que a situação no país está mais calma agora; "Estou convencido de que a situação se tranquilizou", disse (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente Dilma Rousseff (PT) não irá discursar na cerimônia de abertura da Copa do Mundo. Nem ela, nem o mandatário da Fifa, Joseph Blatter, para evitar vaias, como ocorreu durante a Copa das Confederações. "Vamos fazer a cerimônia de uma maneira em que não aconteçam discursos", disse Blatter, nesta terça-feira (11).

Questionado sobre a possibilidade de novos protestos e vaias contra o alto escalão do governo brasileiro e da Fifa, Blatter afirmou que não é "profeta" para saber o que vai acontecer e ressaltou que a situação no país está mais calma agora. "Estou convencido que os protestos sociais não vão poder utilizar os mesmos argumentos usados na Copa das Confederações porque eles não são válidos. Estou convencido de que a situação se tranquilizou", disse.

A cerimônia de abertura da Copa do Mundo será realizada no dia 12 de junho, no Itaquerão, antes da primeira partida da competição, entre Brasil e Croácia.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email