Para Lindberg, PSDB foi para o "tudo ou nada"

Senador petista avalia que escolha de Serra foi escolha de alto risco, que pode at enfraquecer de vez o projeto tucano de retomar o poder em 2014

Para Lindberg, PSDB foi para o "tudo ou nada"
Para Lindberg, PSDB foi para o "tudo ou nada" (Foto: ALE VIANNA/Agência Estado)

O senador Lindberg Farias(PT-RJ) avaliou há pouco que a eleição de 2012 para a prefeitura de São Paulo será um "tudo ou nada" para o PSDB. E que, uma derrota, irá fragilizar o partido para a disputa presidencial de 2014.

O líder petista considera que a eventual candidatura do ex-governador de São Paulo José Serra pelo PSDB seria uma maneira do partido defender suas bandeiras, mas afirmou que uma derrota seria bastante prejudicial para o futuro da sigla. "É o tudo ou nada para o PSDB e, se perder, sairá fragilizado para a disputa de 2014, tanto para o governo estadual quanto para o federal", afirmou.

Em entrevista ao jornal O estado de S.Paulo, o presidente nacional do PSDB, Sergio Guerra considerou que a eventual candidatura de Serra é a resistência ao projeto de hegemonia do PT. Na avaliação do senador petista, se Serra não for o candidato do PSDB, o partido abre mão da capital paulista. "E, dessa forma, abriria mão antecipadamente de um projeto nacional."

Lindberg Farias desfilou pela Gaviões da Fiel, escola de samba cujo enredo homenageia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247