Para não ter desgaste, PSDB quer evitar relatar denúncia contra Temer

Com parte do PSDB defendendo o desembarque do partido do governo Michel Temer, o coordenador da legenda na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, deputado Betinho Gomes (PE), pediu ao presidente da Comissão, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), que não entregue a relatoria da nova denúncia contra Temer a nenhum parlamentar tucano; objetivo é evitar expor ainda mais o racha interno da legenda e o desgaste eleitoral, já que vem ficando atrás nas pesquisas de intenção de voto para o próximo pleito em função da defesa do governo Temer 

Bras�lia - Tasso Jereissaticomanda a reuni�o da Executiva Nacional do PSDB que avalia o atual momento pol�tico e a perman�ncia ou n�o na base aliada do governo (Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag�ncia Brasil)
Bras�lia - Tasso Jereissaticomanda a reuni�o da Executiva Nacional do PSDB que avalia o atual momento pol�tico e a perman�ncia ou n�o na base aliada do governo (Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag�ncia Brasil) (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com parte do PSDB defendendo o desembarque do partido do governo Michel Temer, o coordenador da legenda na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, deputado Betinho Gomes (PE), pediu ao presidente da Comissão, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), que não entregue a relatoria da nova denúncia contra Temer a nenhum parlamentar tucano.

O objetivo é evitar uma nova saia justa, a exemplo do ocorrido na primeira denúncia, quando o deputado Paulo Paulo Abi Ackel (PSDB-MG) foi o relator do texto que resultou no arquivamento da denúncia, o que expôs o racha interno do partido.

Além, disso, o PSDB também quer evitar o desgaste eleitoral, já que vem ficando atrás nas pesquisas de intenção de voto para o próximo pleito em função da defesa do governo Temer e do envolvimento de muitos de seus membros nas investigações da Lava Jato. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247