Para Sarney Filho, Bolsonaro deu sinal verde para desmatar

O ex-ministro do Meio Ambiente e atual secretário de Meio Ambiente do Distrito Federal, José Sarney Filho (PV), critica Jair Bolsonaro, que "deu sinal verde" para as queimadas ilegais na floresta. "Bolsonaro prejudica mais a política ambiental pelas suas falas do que pelas ações"

(Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

247 - O ex-ministro do Meio Ambiente e atual secretário de Meio Ambiente do Distrito Federal, José Sarney Filho (PV), afirmou que a crise global sobre o desmatamento na Amazônia é de responsabilidade de Jair Bolsonaro, que "deu sinal verde" para as queimadas ilegais na floresta.

"Se o próprio presidente dá sinais de desconstrução da política ambiental ele acaba incentivando o desmatamento, com todas as suas consequências", alertou o ex-ministro durante entrevista ao jornal Valor Econômico. 

"Bolsonaro prejudica mais a política ambiental pelas suas falas do que pelas ações. As ações são ruins, mas as falas são piores. Os sinais, na questão do combate ao desmatamento, são muito importantes. Se o próprio presidente dá sinais de desconstrução da política ambiental, ele incentiva o desmatamento, com todas as suas consequências", acrescentou.

Leia a íntegra no jornal Valor Econômico

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247