Peritos independentes questionam Molina, contratado por Temer

A gravação da conversa com Michel Temer feita pelo empresário Joesley Batista no porão do Palácio do Jaburu tem ruídos e interferências, mas pode ser usado como prova em qualquer julgamento, avaliam juristas independentes; nesta segunda, Ricardo Molina, perito contratado por Michel  Temer, desqualificou o material e chegou a dizer que o áudio é uma "prova imprestável" 

A gravação da conversa com Michel Temer feita pelo empresário Joesley Batista no porão do Palácio do Jaburu tem ruídos e interferências, mas pode ser usado como prova em qualquer julgamento, avaliam juristas independentes; nesta segunda, Ricardo Molina, perito contratado por Michel  Temer, desqualificou o material e chegou a dizer que o áudio é uma "prova imprestável" 
A gravação da conversa com Michel Temer feita pelo empresário Joesley Batista no porão do Palácio do Jaburu tem ruídos e interferências, mas pode ser usado como prova em qualquer julgamento, avaliam juristas independentes; nesta segunda, Ricardo Molina, perito contratado por Michel  Temer, desqualificou o material e chegou a dizer que o áudio é uma "prova imprestável"  (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Apesar dos ruídos e das interferências, o diálogo com Michel Temer gravado por empresário Joesley Batista no porão do Palácio do  pode ser usado como prova em qualquer julgamento na avaliação do professor da Universidade Federal de Alagoas George Sanguinetti e do perito forense e professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Nelson Massini.

Os dois já haviam se posicionado sobre essa gravação e mantiveram suas avaliações depois da apresentação do laudo contratado pela defesa de Temer, apresentado nesta segunda-feira pelo perito Ricardo Molina. Ele chegou a dizer que o áudio é uma "prova imprestável" e "inteiramente contaminado por inúmeras descontinuidades, mascaramentos por ruídos, longos trechos ininteligíveis ou de inteligibilidade duvidosa e várias outras incertezas".

As informações são de reportagem de Jefferson Ribeiro O Globo.

"- Dá ate para notar o estado emotivo na fala de Joesley, que parece nervoso, e do presidente, mais comedido. Dá para ouvir todos os vocábulos - acrescentou o Sanguinetti, que evitou polemizar com o laudo do perito contratado por Temer."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247