PGR denuncia deputado Arthur Lira e pede perda de mandato

Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou ao STF denúncia contra o deputado Arthur Lira (PP-AL), líder de seu partido na Câmara, na qual pede para que o parlamentar tenha o mandato cassado; ele é acusado de lavagem de dinheiro e prevaricação; segundo a denúncia, Lira aceitou, em 2012, R$ 106 mil de propina em dinheiro vivo do então presidente da Companhia Brasileira de Transportes Urbanos (CBTU), Francisco Colombo, em troca da manutenção dele no cargo

Arthur Lira 
Arthur Lira  (Foto: Paulo Emílio)

Felipe Pontes, repórter da Agência Brasil - A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou ontem (2) ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia contra o deputado Arthur Lira (PP-AL), líder de seu partido na Câmara, na qual pede para que o parlamentar tenha o mandato cassado. Ele é acusado de lavagem de dinheiro e prevaricação.

Segundo a denúncia, Lira aceitou, em 2012, R$ 106 mil de propina em dinheiro vivo do então presidente da Companhia Brasileira de Transportes Urbanos (CBTU), Francisco Colombo, em troca da manutenção dele no cargo.

"Francisco Colombo, para se manter na presidência da CBTU, oferecia e pagava vantagens indevidas a Arthur Cesar Pereira de Lira para que este, na condição de deputado federal, líder do PP na Câmara dos Deputados, com a prerrogativa de fazer indicações para cargos em comissão, mantivesse-o naquele cargo como nomeação política da agremiação", escreveu Dodge.

A Agência Brasil tentou contato com o deputado, mas ainda não obteve retorno.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247