PGR é favorável à prorrogação de inquérito de Temer

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou de forma favorável à prorrogação do inquérito que investiga se Michel Temer favoreceu a empresa Rodrimar, que atua no Porto de Santos; ela respondeu a um pedido feito pelo ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso no STF; a Polícia Federal pediu mais 60 dias para investigar o caso

18/092017- Brasília - DF, Brasil- Cerimônia de posse da Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge. Foto: Marcos Corrêa/PR
18/092017- Brasília - DF, Brasil- Cerimônia de posse da Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge. Foto: Marcos Corrêa/PR (Foto: Gisele Federicce)

247 - A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou de forma favorável à prorrogação do inquérito que investiga se Michel Temer favoreceu a empresa Rodrimar, que atua no Porto de Santos.

Ela respondeu a um pedido feito pelo ministro Luís Roberto Barroso, relator do processo dos portos no Supremo Tribunal Federal. A Polícia Federal pediu mais 60 dias para investigar o caso.

Raquel Dodge também pede ao STF, no mesmo documento, que emita ordem judicial para o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, se abster de "qualquer ato de ingerência" sobre o inquérito, sob pena de afastamento do cargo.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247