Pimenta sobre Dallagnol: Esse cara quer convencer o mundo de que agiu dentro da lei?

O deputado federal Paulo Pimenta criticou o procurador Deltan Dallagnol que reconheceu, em entrevista à BBC Brasil, a veracidade das mensagens nas quais ele e colegas da força-tarefa da Lava Jato ironizam a morte da ex-esposa do ex-presidente Lula

Paulo Pimenta e Deltan Dallagnol
Paulo Pimenta e Deltan Dallagnol (Foto: Câmara dos Deputados | ABr)

247 - O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) foi ao Twitter para criticar o procurador chefe da operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. Em entrevista à BBC Brasil, o procurador reconheceu a veracidade das mensagens trocadas com colegas da força-tarefa nas quais ironizam a morte da ex-esposa do ex-presidente Lula, Dona Marisa Letícia.

Deltan disse que o conteúdo das mensagens eram trocados como se estivesse "em família" e afirmou que ali poderia agir com certa "irresponsabilidade". "As pessoas têm que entender que essas conversas são conversas que você teria na mesa de casa com a família, são pessoas que estão trabalhando há cinco anos juntas, são amigas. São conversas que você tem com o círculo de intimidade, conversas que você fica à vontade para falar até alguma besteira, uma bobagem, para ser até certo modo irresponsável", disse o procurador.

Paulo Pimenta enfatizou que Deltan reconheceu que as mensagens vazadas pelo The Intercpet são verdadeiras. "Então Deltan Dallagnol admitiu novamente que as conversas da VazaJato são verdadeiras e desta vez ele assume que usa celular funcional para ter conversas que teria num encontro familiar e ser "até certo modo irresponsável"? E esse cara quer convencer o mundo que agiu dentro da lei! ".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247