"Pode interessar a Bolsonaro a polarização contra Lula em 2022", diz Altman

Segundo o jornalista Breno Altman, há um alinhamento inusitado entre os setores populares e ultra-conservadores no que diz respeito à preferência por uma candidatura do ex-presidente Lula. Assista

ABr | Felipe L. Gonçalves/Brasil247
ABr | Felipe L. Gonçalves/Brasil247 (Foto: ABr | Felipe L. Gonçalves/Brasil247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

 247 - No Bom Dia 247, o jornalista Breno Altman, editor do Opera Mundi, expôs uma teoria heterodoxa, conforme admitido por ele mesmo, sobre uma possível conjuntura eleitoral em 2022.

Para Altman, há um alinhamento inusitado entre os setores populares e ultra-conservadores no que diz respeito à preferência por uma candidatura do ex-presidente Lula. "A quem interessa colocar o Lula na disputa presidencial hoje?”, questiona Altman.

“Ao PT e a setores amplos do povo brasileiro que querem derrotar o campo conservador. À oposição de direita, não interessa nada. A centro-esquerda, do Ciro Gomes, não tem nenhum interesse na candidatura do Lula", diz.

"Aqui eu vou ser heterodoxo. Eu acho que também pode interessar ao Bolsonaro. Ao Bolsonaro pode interessar construir um cenário político de polarização, onde esteja ele contra o Lula (...). "Não havendo impeachment, o Bolsonaro pode calcular que a candidatura que ele terá mais chance em um segundo turno é a do Lula", conclui o jornalista.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email