Por telefone, Temer descarta Mariz na Justiça

Michel Temer telefonou, na sexta-feira,  para Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, que é seu amigo, e disse que não indicará seu nome para o cargo de ministro da Justiça; o advogado fora cotado para a pasta quando Temer assumiu o governo; o peemedebista recuou diante das críticas à Lava Jato feitas por Mariz de Oliveira

O advogado Mariz de Oliveira
O advogado Mariz de Oliveira (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Michel Temer telefonou, na sexta-feira,  para Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, que é seu amigo, e disse que não indicará seu nome para o cargo de ministro da Justiça. O advogado fora cotado para a pasta quando Temer assumiu o governo. O peemedebista recuou diante das críticas à Lava Jato feitas por Mariz de Oliveira.

As informações são da Coluna Painel da Folha de S.Paulo.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247