PP vai ficar com o ministério da Integração

Dilma comunicou ao vice Michel Temer que a pasta seria destinada ao PP para compensar a perda de Cidades, que ficará com o PSD de Gilberto Kassab, noticia o colunista Ilimar Franco; presidente do PP, Ciro Nogueira, foi recebido ontem pela presidente

Senador Sérgio de Souza (PMDB-PR)
Senador Sérgio de Souza (PMDB-PR) (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O PP vai ficar com o ministério da Integração, decidiu a presidente Dilma Rousseff, segundo o colunista Ilimar Franco, do Globo.

A presidente quis compensar o partido pela perda de Cidades, pasta que deverá ficar sob o comando do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, presidente do PSD.

A notícia foi comunicada por Dilma ao vice, Michel Temer (PMDB). A cúpula peemedebista na Câmara foi ao Jaburu para conversar sobre as alternativas.

O presidente do PP, Ciro Nogueira, foi recebido ontem por Dilma Rousseff. A mudança agrada o PT, "que cresceu no Nordeste, região atendida pela pasta", conforme diz Ilimar.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247