PPS acolheria Serra de “braços abertos”, diz Freire

Durante Executiva Nacional do partido, presidente nacional da sigla afirma que a oposição não tem conseguido se posicionar como deveria e que o tucano "bem que poderia representar isso"; Roberto Freire diz que "processo de afastamento" do ex-governador com a direção do PSDB começou em 2010, depois de sua derrota na eleição presidencial

PPS acolheria Serra de “braços abertos”, diz Freire
PPS acolheria Serra de “braços abertos”, diz Freire
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Presidente nacional do PPS, o deputado Roberto Freire (SP) tornou mais concreta a ida do ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) para o partido, durante Executiva Nacional ocorrida nesta quarta-feira 9. Segundo Freire, o tucano será recebido de "braços abertos" caso decida se candidatar à Presidência da República em 2014 pela sigla.

Freire também afirmou que o "processo de afastamento" de Serra, derrotado na última disputa pela Prefeitura de São Paulo, em outubro, com a diretoria do PSDB começou já em 2010, quando ele também perdeu a eleição presidencial. "Nessa oportunidade, foi aventada a ideia de que ele poderia sair do PSDB e vir para o PPS", disse.

O deputado acredita que Serra poderia exercer um papel importante na oposição, que não tem conseguido se posicionar como deveria, em seu ponto de vista. Mesmo com o tamanho do PPS, diz ele, "há dificuldade de que [o partido] seja ouvido. O Serra bem que poderia representar isso", defende.

A chegada de Serra no PPS "tem a ver com a ideia de uma nova formação política", acrescenta Freire. No entanto, o plano de criar uma nova legenda, como já havia dito o presidente do partido em entrevista ao 247, não está descartado. Freire negou que uma candidatura própria da legenda à Presidência em 2014 ocorra apenas por causa de Serra. A reunião do PPS continua nesta quinta-feira 10.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email