Prato principal de jantar entre Aécio e Serra é Geraldo Alckmin

Guerra interna do PSDB prossegue; enfraquecidos pela derrota em Belo Horizonte e pela acusação de ter recebido R$ 23 milhões da Odebrecht numa conta suíça, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o chanceler José Serra jantaram na quinta-feira em São Paulo; prato principal: Geraldo Alckmin, que se fortaleceu nas eleições municipais e tenta se consolidar como candidato natural do PSDB em 2018

 Foto: ANDRE DUSEK/AG�NCIA ESTADO/AE
 Foto: ANDRE DUSEK/AG�NCIA ESTADO/AE (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Se Geraldo Alkcmin se fortaleceu na disputa interna do PSDB, Aécio Neves e José Serra decidiram se unir contra ele.

Assim prossegue a guerra interna do PSDB, rumo a 2018.

"Adversários dentro do PSDB pela indicação para disputar a Presidência da República de 2018, o ministro das Relações Exteriores, José Serra (SP), e o presidente nacional da legenda, senador Aécio Neves (MG), sentaram-se na quinta-feira, 3, à mesa para um jantar em São Paulo. Os dois nomes lideram correntes divergentes dentro do partido", informa Eric Decat, no Estado de S. Paulo.

"O encontro, tratado como 'normal' por integrantes da cúpula do partido, ocorreu em meio às especulações de uma parceria entre os dois para tentar barrar as movimentações do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, também cotado para disputar a Presidência da República pelo PSDB em 2018."

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247