PSC desiste de aderir à oposição e opta por linha independente

Partido que havia anunciado, via redes sociais, mais cedo que iria aderir à oposição, após votar contra o governo na criação da comissão de investigação da Petrobras, mudou de ideia e, no início da noite desta quarta-feira (12), informou que votará projetos na Câmara de maneira "independente"; "Vamos dizer 'sim' quando entendermos que for melhor e 'não' quando acharmos que não será melhor. Não estamos rompendo nem aderindo à oposição", afirmou o líder do partido, André Moura

Partido que havia anunciado, via redes sociais, mais cedo que iria aderir à oposição, após votar contra o governo na criação da comissão de investigação da Petrobras, mudou de ideia e, no início da noite desta quarta-feira (12), informou que votará projetos na Câmara de maneira "independente"; "Vamos dizer 'sim' quando entendermos que for melhor e 'não' quando acharmos que não será melhor. Não estamos rompendo nem aderindo à oposição", afirmou o líder do partido, André Moura
Partido que havia anunciado, via redes sociais, mais cedo que iria aderir à oposição, após votar contra o governo na criação da comissão de investigação da Petrobras, mudou de ideia e, no início da noite desta quarta-feira (12), informou que votará projetos na Câmara de maneira "independente"; "Vamos dizer 'sim' quando entendermos que for melhor e 'não' quando acharmos que não será melhor. Não estamos rompendo nem aderindo à oposição", afirmou o líder do partido, André Moura (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O PSC, que havia anunciado mais cedo que iria aderir à oposição, após votar contra o governo na criação da comissão de investigação da Petrobras, informou, no início da noite desta quarta-feira (12), que votará projetos na Câmara de maneira "independente". 

"Vamos agir com independência e encaminhar as matérias da maneira que for melhor para o país", afirmou o líder do partido, o deputado federal André Moura (SE). "Vamos dizer 'sim' quando entendermos que for melhor e 'não' quando acharmos que não será melhor." O líder do PSC ressaltou, porém, que isso não significa que a sigla esteja rompendo com o governo. "Não estamos rompendo nem aderindo à oposição."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email