PSDB nega apoio institucional ao 'Fora, Dilma'

Segundo o colunista Ilimar Franco, 'os tucanos vão engrossar o caldo, mas não podem assumir a linha de frente do movimento do dia 15 de março'; "Os próximos do presidente da legenda, senador Aécio Neves, explicam que essa decisão da Executiva tem como objetivo reforçar a espontaneidade e a autonomia das ruas"

Segundo o colunista Ilimar Franco, 'os tucanos vão engrossar o caldo, mas não podem assumir a linha de frente do movimento do dia 15 de março'; "Os próximos do presidente da legenda, senador Aécio Neves, explicam que essa decisão da Executiva tem como objetivo reforçar a espontaneidade e a autonomia das ruas"
Segundo o colunista Ilimar Franco, 'os tucanos vão engrossar o caldo, mas não podem assumir a linha de frente do movimento do dia 15 de março'; "Os próximos do presidente da legenda, senador Aécio Neves, explicam que essa decisão da Executiva tem como objetivo reforçar a espontaneidade e a autonomia das ruas" (Foto: Roberta Namour)

247 – O PSDB está por traz do movimento ‘Fora, Dilma’, mas evita dar apoio institucional ao protesto pelo impeachment, de domingo, dia 15.

Segundo o colunista Ilimar Franco, “os tucanos vão engrossar o caldo, mas não podem assumir a linha de frente. Os próximos do presidente da legenda, senador Aécio Neves, explicam que essa decisão da Executiva tem como objetivo reforçar a espontaneidade e a autonomia das ruas”.

Aécio insiste em dizer que se trata de um movimento da sociedade e não de partidos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247