PT abre diálogo com PSDB por eleições diretas já

O líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (PT-SP), anunciou a decisão de procurar os deputados descontentes do PSDB para uma conversa sobre a antecipação das eleições presidenciais de 2018; “Vamos tentar falar com eles (tucanos) para um acordo sobre eleições diretas. Nosso objetivo é tirar o Temer”, afirmou; esse diálogo teve seu sinal verde dado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que defendeu a renúncia imediata de Michel Temer e a convocação de eleições diretas; na quarta-feira, 15, FHC pediu “um gesto de grandeza por parte de quem legalmente detém o poder pedindo antecipação de eleições gerais ou o poder se erode de tal forma que as ruas pedirão a ruptura da regra vigente exigindo antecipação do voto”

O líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (PT-SP), anunciou a decisão de procurar os deputados descontentes do PSDB para uma conversa sobre a antecipação das eleições presidenciais de 2018; “Vamos tentar falar com eles (tucanos) para um acordo sobre eleições diretas. Nosso objetivo é tirar o Temer”, afirmou; esse diálogo teve seu sinal verde dado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que defendeu a renúncia imediata de Michel Temer e a convocação de eleições diretas; na quarta-feira, 15, FHC pediu “um gesto de grandeza por parte de quem legalmente detém o poder pedindo antecipação de eleições gerais ou o poder se erode de tal forma que as ruas pedirão a ruptura da regra vigente exigindo antecipação do voto”
O líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (PT-SP), anunciou a decisão de procurar os deputados descontentes do PSDB para uma conversa sobre a antecipação das eleições presidenciais de 2018; “Vamos tentar falar com eles (tucanos) para um acordo sobre eleições diretas. Nosso objetivo é tirar o Temer”, afirmou; esse diálogo teve seu sinal verde dado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que defendeu a renúncia imediata de Michel Temer e a convocação de eleições diretas; na quarta-feira, 15, FHC pediu “um gesto de grandeza por parte de quem legalmente detém o poder pedindo antecipação de eleições gerais ou o poder se erode de tal forma que as ruas pedirão a ruptura da regra vigente exigindo antecipação do voto” (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (PT-SP), anunciou a decisão de procurar os deputados descontentes do PSDB para uma conversa sobre a antecipação das eleições presidenciais de 2018, segundo aponta reportagem de Ricardo Galhardo e Pedro Venceslau, no Estado de S. Paulo.

“Vamos tentar falar com eles (tucanos) para um acordo sobre eleições diretas. Nosso objetivo é tirar o Temer”, afirmou Zarattini.

Esse diálogo teve seu sinal verde dado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que defendeu a renúncia imediata de Michel Temer e a convocação de eleições diretas.

Na quarta-feira, 15, FHC pediu “um gesto de grandeza por parte de quem legalmente detém o poder pedindo antecipação de eleições gerais ou o poder se erode de tal forma que as ruas pedirão a ruptura da regra vigente exigindo antecipação do voto”.

O diálogo, no entanto, foi negado por tucanos ligados ao governador paulista Geraldo Alckmin, que pretende manter o apoio a Temer. “Se acontecer uma situação de ingovernabilidade, a antecipação da eleição direta é uma hipótese. Mas conversa com o PT é especulação”, afirmou o presidente do Instituto Teotônio Vilela, José Aníbal. 

A mais recente pesquisa Datafolha aponta que 85% dos brasileiros querem a saída de Temer e a realização de eleições diretas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247