PT admite crise financeira e avalia fazer vaquinha virtual

PT disse, por um meio de um comunicado, que as reservas financeiras do partido se exauriram na campanha eleitoral e que será preciso adotar medidas de ajuste e regras de "compliance" para controles externos e internos; para quitar o débito de cerca de R$ 4 milhões resultante da campanha presidencial e colocar as contas em dia, a legenda avalia promover uma arrecadação coletiva por meio da internet para angariar recursos entre parlamentares, dirigentes filiados e simpatizantes

PT admite crise financeira e avalia fazer vaquinha virtual
PT admite crise financeira e avalia fazer vaquinha virtual (Foto: Alessandro Dantas/PT)

247 - O PT disse, por um meio de um comunicado, que as reservas financeiras do partido se exauriram na campanha eleitoral e que será preciso adotar medidas de ajuste e regras de "compliance" para controles externos e internos. A legenda avalia promover uma arrecadação coletiva por meio da internet para angariar recursos entre parlamentares, dirigentes filiados e simpatizantes.

De acordo com a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, e o tesoureiro da legenda, Emidio de Souza, as viagens e hospedagens de funcionários e dirigentes estão suspensas até o final de janeiro do próximo ano. Também foram anunciadas outras medidas como a revisão da folha de pagamento e a redução de contratos e aluguéis. Ainda segundo o PT, a campanha presidencial deixou uma dívida da cerca de R$ 4 milhões.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247