PT ameaça ir à Corte Interamericana contra avanço do golpe

Deputados e senadores do PT estão pronto para ingressar na Corte Interamericana de Direitos Humanos para tentar impedir o avanço do processo de impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff; segundo a colunista Natuza Nery, petistas ouviram de especialistas que a jurisprudência da corte sugere boas chances de uma decisão favorável, o que daria munição à campanha internacional da presidente afastada; consenso do grupo é que o processo no Senado é conduzido sem imparcialidade

Deputados e senadores do PT estão pronto para ingressar na Corte Interamericana de Direitos Humanos para tentar impedir o avanço do processo de impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff; segundo a colunista Natuza Nery, petistas ouviram de especialistas que a jurisprudência da corte sugere boas chances de uma decisão favorável, o que daria munição à campanha internacional da presidente afastada; consenso do grupo é que o processo no Senado é conduzido sem imparcialidade
Deputados e senadores do PT estão pronto para ingressar na Corte Interamericana de Direitos Humanos para tentar impedir o avanço do processo de impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff; segundo a colunista Natuza Nery, petistas ouviram de especialistas que a jurisprudência da corte sugere boas chances de uma decisão favorável, o que daria munição à campanha internacional da presidente afastada; consenso do grupo é que o processo no Senado é conduzido sem imparcialidade (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Deputados e senadores do PT estão pronto para ingressar na Corte Interamericana de Direitos Humanos para tentar impedir o avanço do processo de deposição de Dilma Rousseff.

Segundo a colunista Natuza Nery, petistas ouviram de especialistas que a jurisprudência da corte sugere boas chances de uma decisão favorável, o que daria munição à campanha internacional da presidente afastada. Sustentarão que o processo é conduzido sem imparcialidade. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247