PT cria núcleos evangélicos em busca de apoio na base religiosa

Partido desenvolve estratégia, com a liderança do ex-presidente Lula, para tentar acessar essa fatia do eleitorado fiel a Jair Bolsonaro

Lula no circo voador
Lula no circo voador (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em busca de apoio da base religiosa fiel a Jair Bolsonaro, o PT articula a criação de núcleos evangélicos nos Estados, a pedido do ex-presidente Lula, noticiou neste domingo 5 a coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

A coluna traz a declaração de um pastor do Rio de Janeiro que participa do movimento do PT. Daniel Elias, da Assembleia de Deus, dá o cenário da visão política atual nesse grupo. “O grupo ligado à direita chegou primeiro e fidelizou, usando a linguagem do crente, citando a Bíblia. Embora haja evangélicos que não gostem de Bolsonaro, eles estão calados”, diz.

"A avaliação de petistas é que conversas com as cúpulas das igrejas estão fadadas ao fracasso —a maioria se alinhou a Bolsonaro. Mas é possível abrir diálogo com as bases. Eles creem que há espaço para mostrar aos evangélicos, principalmente aos que vivem nas periferias, que há valores em comum com a sigla", aponta ainda a Folha.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247