PT ouve internautas sobre fim de doações privadas

Presidente da legenda, Rui Falcão, defendeu hoje pelo Facebook que o PT abra mão das doações privadas de campanha e lançou uma enquete sobre o tema; "O PT defende o fim do financiamento empresarial de campanha. Eu defendo que nosso partido precisa abrir mão, VOLUNTARIAMENTE, desse tipo de contribuição. E você? Concorda comigo?", perguntou; ele também criticou mais cedo o que chamou de "despolitização generalizada" dos manifestantes que foram às ruas no último domingo, ao mencionar pesquisa que apontou que "42% disseram acreditar que o Partido dos Trabalhadores trouxe ao Brasil 50 mil haitianos para que votassem em Dilma Rousseff em 2014"; "Gente!?", escreveu, incrédulo

Presidente da legenda, Rui Falcão, defendeu hoje pelo Facebook que o PT abra mão das doações privadas de campanha e lançou uma enquete sobre o tema; "O PT defende o fim do financiamento empresarial de campanha. Eu defendo que nosso partido precisa abrir mão, VOLUNTARIAMENTE, desse tipo de contribuição. E você? Concorda comigo?", perguntou; ele também criticou mais cedo o que chamou de "despolitização generalizada" dos manifestantes que foram às ruas no último domingo, ao mencionar pesquisa que apontou que "42% disseram acreditar que o Partido dos Trabalhadores trouxe ao Brasil 50 mil haitianos para que votassem em Dilma Rousseff em 2014"; "Gente!?", escreveu, incrédulo
Presidente da legenda, Rui Falcão, defendeu hoje pelo Facebook que o PT abra mão das doações privadas de campanha e lançou uma enquete sobre o tema; "O PT defende o fim do financiamento empresarial de campanha. Eu defendo que nosso partido precisa abrir mão, VOLUNTARIAMENTE, desse tipo de contribuição. E você? Concorda comigo?", perguntou; ele também criticou mais cedo o que chamou de "despolitização generalizada" dos manifestantes que foram às ruas no último domingo, ao mencionar pesquisa que apontou que "42% disseram acreditar que o Partido dos Trabalhadores trouxe ao Brasil 50 mil haitianos para que votassem em Dilma Rousseff em 2014"; "Gente!?", escreveu, incrédulo (Foto: Felipe L. Goncalves)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O presidente do PT, Rui Falcão, lançou nesta terça-feira 14, em sua página no Facebook, uma enquete que pergunta a opinião dos internautas sobre se o PT deve abrir mão de doações privadas a campanhas eleitorais.

"O PT defende o fim do financiamento empresarial de campanha. Eu defendo que nosso partido precisa abrir mão, VOLUNTARIAMENTE, desse tipo de contribuição. E você? Concorda comigo? Participe da enquete", divulgou o dirigente petista.

A medida já foi defendida por ele anteriormente, em um encontro com líderes do partido no último dia 30, com a presença do ex-presidente Lula.

A mudança na forma de recebimento dos recursos poderá ser votada em reunião do Diretório Nacional, agendado para o dia 17 de abril, em São Paulo. A proposta de Rui Falcão é que o PT receba exclusivamente doações de pessoas físicas, com limites.

Mais cedo, ele criticou, também pelo Facebook, o que chamou de "despolitização generalizada" dos manifestantes que foram às ruas no último domingo 12 protestar contra o governo da presidente Dilma Rousseff.

Rui Falcão citou uma pesquisa que aponta que "muitos dos manifestantes que foram às ruas no último dia 12 não sabem sequer, pasmem, quem pode votar no País".

Segundo o levantamento, feito pela professora Esther Solano e citado na coluna da jornalista Mônica Bergamo, "42% disseram acreditar que o Partido dos Trabalhadores trouxe ao Brasil 50 mil haitianos para que votassem em Dilma Rousseff em 2014". "Gente!?", escreve, incrédulo, Rui Falcão.

Ele cita então o artigo da Constituição que "veda o alistamento eleitoral de estrangeiros". "Para poder votar, o estrangeiro precisa requerer a naturalização estar residindo no País a, no mínimo, 15 anos ininterruptos – e sem condenação penal", diz trecho do artigo.

"Todos têm o direito de reclamar, criticar, protestar, etc. Porém, reclamar por motivos errados ou, pior, sem saber os motivos já é, no mínimo, um exagero", critica Rui Falcão.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247