PT quer tirar de Eduardo Bolsonaro Comissão de Relações Exteriores da Câmara

Com a maior bancada na Câmara, o PT pretende usar sua preferência nas escolhas de comissões para retirar o deputado Eduardo Bolsonaro da Comissão de Relações Exteriores da Câmara

(Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com a maior bancada na Câmara, o Partido dos Trabalhadores pretende usar sua preferência nas escolhas de comissões para fazer um contraponto à política externa de Jair Bolsonaro. O partido vai reivindicar a Comissão de Relações Exteriores, até este ano comandada pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que seguiu pautando na comissão a agenda da extrema-direita. O indicado da legenda de oposição será Arlindo Chinaglia (PT-SP), que comandou a Casa entre 2007 e 2009. A informação é do jornal Estado de S.Paulo.

A comissão é estratégica para a oposição, pois poderá servir para contestar medidas adotadas pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que é ligado à ala ideológica do governo e eleito o pior diplomata do mundo por setores da imprensa internacional. 

O colegiado é responsável por analisar a maioria dos tratados internacionais firmados pelo País e por aprovar projetos que tratam do assunto. Foi na gestão de Eduardo, por exemplo, que a comissão deu aval para utilização comercial do Centro Espacial de Alcântara, no Maranhão.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email