Rede de Marina quer candidatos em mais 4 estados

Divergências com o PSB de Eduardo Campos nos palanques estaduais não se limitam mais a São Paulo e Minas Gerais; aliados da ex-senadora Marina Silva apostam agora em nomes pouco conhecidos para disputar no Paraná, Pará, Alagoas e Amazonas; estratégia tenta afastar PSDB

SÃO PAULO,SP,28.10.2013:MARINA SILVA/EDUARDO CAMPOS/ENCONTRO - Marina Silva da Rede Sustentabilidade, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos do Partido Socialista Brasileiro durante coletiva do primeiro encontro programático que tem como objetivo di
SÃO PAULO,SP,28.10.2013:MARINA SILVA/EDUARDO CAMPOS/ENCONTRO - Marina Silva da Rede Sustentabilidade, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos do Partido Socialista Brasileiro durante coletiva do primeiro encontro programático que tem como objetivo di (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Depois de insistir pelo rompimento com o PSDB e o lançamento de uma candidatura própria em São Paulo e em Minas Gerais, a Rede Sustentabilidade, da ex-senadora Marina Silva, defende agora que o PSB dispute com nomes pouco conhecidos em outros quatro estados: Paraná, Pará, Alagoas e Amazonas.

No entanto, o partido do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, quer participar da disputa pelos governos estaduais apenas onde há chances reais de vencer, o que ressalta as divergências entre as legendas. Os socialistas também não abrem mão da aliança com os tucanos onde não há essa chance.

Os quatro estados são governados pelo PSDB, com apoio do PSB. De acordo com o líder do PSB na Câmara, deputado Beto Albuquerque, a divergência poderá fazer com que os dois partidos fiquem até mesmo separados em alguns estados. "Nossa opção de estar com os tucanos deve continuar assim e admito que podemos estar separados do Rede em alguns Estados".

No Paraná, Eduardo Campos já anunciou que apoiará a reeleição do governador tucano Beto Richa. No Pará, o PSB deve apoiar o segundo mandato de Simão Jatene, também do PSDB. No Amazonas, os socialistas pretendem lançar o ex-prefeito de Manaus Serafim Corrêa (PSB), enquanto a Rede defende a candidatura do deputado estadual Marcelo Ramos (PSB). Em Alagoas, enquanto o grupo de Campos defende a candidatura do deputado federal Alexandre Toledo (PSB), o de Marina quer Heloísa Helena nas disputas.

Leia aqui a íntegra da reportagem no jornal Valor Econômico.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email