Rejeitado por mais de 90%, Temer nega que brasileiro queira sua saída

Em mais uma declaração descolada da realidade, Michel Temer, rejeitado por mais de 90% dos brasileiros, afirmou que as pessoas não pedem nas ruas o fim de seu governo; grito por "Fora Temer" é tão popular que, no carnaval, já embala blocos e marchinhas por todo o Brasil

Rejeitado por mais de 90%, Temer nega que brasileiro queira sua saída
Rejeitado por mais de 90%, Temer nega que brasileiro queira sua saída

247 - Michel Temer concedeu uma entrevista totalmente fora da realidade ao jornal Valor Econômico. 

Na conversa com os jornalistas Claudia Safatle e Raymundo Costa, Temer negou que seu governo ilegítimo, rejeitado por mais de 90% dos brasileiros, seja contestado pela população. 

"Não há movimento nenhum para tirar o governo. Vocês veem algum movimento de rua, alguém dizendo 'esse governo tem que sair'? A não ser a oposição que age como oposição política", delira. 

O emedebista aproveitou para dizer que pretende aprovar a reforma da previdência custe o que custar e que ainda quer mudar os impostos.

"Nós não vamos parar na Previdência. Está adiantado aqui no palácio uma hipótese, não falo de reforma, mas de simplificação tributária. Seria a quarta ou quinta reforma expressiva. A simplificação tributária para facilitar o investimento", diz.

 

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247