Renan diz nunca ter tratado de 'impropriedade' com Delcídio

"O Delcídio nunca tratou comigo de nenhuma impropriedade. Ele era líder do governo, ele tinha sempre relações comigo, mas nunca tratou de nenhuma impropriedade. Esse Diogo, eu não conheço, nunca vi, não sei quem é, então fica difícil falar sobre anotação de pessoas", disse o presidente do Senado, sobre o senador preso na semana passada pela Lava Jato e seu chefe de gabinete, também preso; Diogo Ferreira disse à PF que Delcídio teria entregue a ele um bilhete relativo a um possível favorecimento do banco BTG Pactual em uma medida provisória e que, na ocasião, disse que assumia "o compromisso de falar com Renan Calheiros"

"O Delcídio nunca tratou comigo de nenhuma impropriedade. Ele era líder do governo, ele tinha sempre relações comigo, mas nunca tratou de nenhuma impropriedade. Esse Diogo, eu não conheço, nunca vi, não sei quem é, então fica difícil falar sobre anotação de pessoas", disse o presidente do Senado, sobre o senador preso na semana passada pela Lava Jato e seu chefe de gabinete, também preso; Diogo Ferreira disse à PF que Delcídio teria entregue a ele um bilhete relativo a um possível favorecimento do banco BTG Pactual em uma medida provisória e que, na ocasião, disse que assumia "o compromisso de falar com Renan Calheiros"
"O Delcídio nunca tratou comigo de nenhuma impropriedade. Ele era líder do governo, ele tinha sempre relações comigo, mas nunca tratou de nenhuma impropriedade. Esse Diogo, eu não conheço, nunca vi, não sei quem é, então fica difícil falar sobre anotação de pessoas", disse o presidente do Senado, sobre o senador preso na semana passada pela Lava Jato e seu chefe de gabinete, também preso; Diogo Ferreira disse à PF que Delcídio teria entregue a ele um bilhete relativo a um possível favorecimento do banco BTG Pactual em uma medida provisória e que, na ocasião, disse que assumia "o compromisso de falar com Renan Calheiros" (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou nunca ter tratado "impropriedades" com o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), preso há uma semana sob a acusação de obstrução de Justiça em um dos desdobramentos da operação Lava Jato. Declaração de Renan vem na esteira do depoimento do chefe de gabinete de Delcídio, Diogo Ferreira, que também está preso. Segundo Diogo, Delcídio teria entregue a ele um bilhete relativo a um possível favorecimento do banco BTG Pactual em uma medida provisória e, na ocasião, disse que assumia "o compromisso de falar com Renan Calheiros".

"O Delcídio nunca tratou comigo de nenhuma impropriedade. Ele era líder do governo, ele tinha sempre relações comigo, mas nunca tratou de nenhuma impropriedade. Esse Diogo, eu não conheço, nunca vi, não sei quem é, então fica difícil falar sobre anotação de pessoas", afirmou. Questionado se conhecia o presidente do banco BTG, André Esteves, que também foi preso pela Polícia Federal na semana passada, Renan disse apenas: "Conheço. Mas não é das minhas relações".

"Acho que o homem público ele tem que responder qualquer pergunta que se faça, eu tenho feito isso com a maior disposição, já prestei informações, se for necessário eu vou prestar de novo, mas mais uma vez, nenhum fato vai me ligar jamais a nenhuma impropriedade porque eu nunca cometi nenhuma impropriedade", assegurou o parlamentar.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247