Renan diz que Moro é um robô obsoleto e qualquer dia será 'desativado por seus donos nos EUA'

“Um robô de primeira geração que não passou por adaptações, qualquer dia será desativado porque ficou imprestável”, sugere o senador

www.brasil247.com - Renan Calheiros e Sergio Moro
Renan Calheiros e Sergio Moro (Foto: Brasil 247)


247 - O senador Renan Calheiros (MDB-AL) disse nesta quarta-feira (19), em sua conta no Twitter, que o ex-juiz parcial e suspeito Sergio Moro é uma marionete manipulada pelos EUA, que a qualuqer momento pode ser desativado. “Um robô de primeira geração que não passou por adaptações”.   

Para o senador, o ex-juiz é uma cria CIA, oco e sem emoção, criado com o único objetivo de destruir a Petrobras, desmoralizar a política brasileira e dissolver a economia  do país com a extinção de  4,4 milhões de empregos, segundo o Dieese. 

“Sergio Moro é um robô de primeira geração, sem capacidade de aprender. Foi criado para a Lava Jato e não passou por adaptações para nenhuma nova função. Além disso, não tem sentimento nem emoção, é oco. Qualquer dia será desativado por seus donos nos EUA porque ficou imprestável”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email