Retrato do Brasil: índios tomam plenário da Câmara

Presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) encerrou a sessão ordinária do plenário por causa do protesto, iniciado por volta das 18h; a manifestação é contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/00, que transfere do Executivo para o Congresso Nacional a decisão final sobre a demarcação de terras indígenas no Brasil; Alves propôs reunião com os indígenas, que, às 18h50, começaram a deixar o plenário

Retrato do Brasil: índios tomam plenário da Câmara
Retrato do Brasil: índios tomam plenário da Câmara (Foto: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um grupo de índios forçou a entrada no Plenário da Câmara dos deputados para protestar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/00. A PEC transfere do Poder Executivo para o Congresso Nacional a decisão final sobre a demarcação de terras indígenas no Brasil.

Diante do protesto, o presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) determinou o encarramento da sessão ordinária do Plenário nesta terça-feira. Os ânimos chegaram a se acirrar quando da entrada, por volta das 18h. Os índios só começariam a deixar o plenário por volta das 18h50, depois de Henrique Alves lhes propor uma reunião.

Comissão especial

A PEC 215/00 foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) em março do ano passado. A fase seguinte é a análise em uma comissão especial, que foi criada na última quarta-feira (11), mas será instalada apenas após os partidos indicarem seus integrantes.

Como consequência de protestos organizados mais cedo, Henrique Alves anunciou, nesta tarde, a suspensão temporária da escolha dos membros da comissão especial.

Com Agência Câmara

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247