Reunião do PMDB que debaterá saída do governo é adiada

Encontro seria realizado em novembro deste ano, mas foi adiado para março, dando tempo ao governo da presidente Dilma para recompor a base aliada; segundo o vice-presidente nacional do partido, Valdir Raupp (RO), o adiamento se deve a "dificuldades logísticas" relacionadas ao encontro

Encontro seria realizado em novembro deste ano, mas foi adiado para março, dando tempo ao governo da presidente Dilma para recompor a base aliada; segundo o vice-presidente nacional do partido, Valdir Raupp (RO), o adiamento se deve a "dificuldades logísticas" relacionadas ao encontro
Encontro seria realizado em novembro deste ano, mas foi adiado para março, dando tempo ao governo da presidente Dilma para recompor a base aliada; segundo o vice-presidente nacional do partido, Valdir Raupp (RO), o adiamento se deve a "dificuldades logísticas" relacionadas ao encontro (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A reunião extraordinária que o PMDB queria realizar em novembro para decidir, entre outros assuntos, a saída do partido da base do governo da presidente Dilma Rousseff foi cancelada. A legenda só deverá discutir o assunto em março do próximo ano, dando tempo ao governo para recompor a base aliada.

Muitos peemedebistas também defendiam o adiamento em função das denúncias de corrupção que podem levar à cassação do mandato ou a renúncia do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Diante do cenário adverso, o PMDB deverá realizar em novembro apenas o encontro da Fundação Ulisses Guimarães. Na ocasião, os membros do partido devem debater se terão candidato próprio ou não à Presidência da República em 2018, além de discutirem a criação de um programa de governo.

Segundo o vice-presidente nacional da legenda, Valdir Raupp (RO), a reunião foi adiada em virtude de "dificuldades logísticas" relacionadas à organização do encontro. A reunião acabou virando uma espécie de seminário da Fundação Ulisses Guimarães e as grandes decisões acabaram ficando para março, quando acontece a convenção partidária.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email