Romário, com dor de cotovelo, ataca a tudo e a todos

Isolado na Câmara, o deputado federal Romário faz ataques a colegas do parlamento, acusa o presidente da CBF, José Maria Marin, de querer cooptar deputados, e critica até o presidente da Casa, Henrique Alves

Romário, com dor de cotovelo, ataca a tudo e a todos
Romário, com dor de cotovelo, ataca a tudo e a todos

247 - Isolado na Câmara dos Deputados, o deputado federal Romário (PSB-RJ) ataca colegas do parlamento, acusa o presidente da CBF, José Maria Marin, de querer cooptar deputados, e critica até o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN).

Um jantar com 25 deputados na casa do líder do PTB, Jovair Arantes, com o presidente Marin, ao qual Romário não foi convidado, resultou na dor de cotovelo de Romário, que perdeu a calma e girou metralhadora contra tudo e contra todos. O jantar ocorreu na terça-feira.

"Marin foi recepcionado aqui em Brasília por mais ou menos 25 parlamentares...Será que esse parlamento já esqueceu que há poucos dias fomos surpreendidos por passeatas de jovens implorando por um país mais digno, mais honesto e com os poderes da República menos corruptos?", disse Romário em um discurso na Câmara.

Deputados que participaram do jantar contestam Romário e dizem que o jantar foi pra discutir um tema importante o Proforte – projeto de reestruturação das dívidas dos clubes.

"Todos sabem que o Romário é enrolado, com problemas na Justiça por todos os lados. No entanto, querendo tirar casquinha nas manifestações de ruas resolveu nos atacar por uma reunião de trabalho para a qual ele não foi convidado. É um absurdo", disse um dos líderes que estiveram na reunião de terça-feira à noite.

Jantar

O objetivo do jantar foi discutir o projeto ainda em gestação no ministério do Esporte, o Proforte – que trata da reestruturação das dívidas dos clubes. A ideia é permitir que os clubes descontem de sua dívida com a União os investimentos sociais e em esportes olímpicos.

Romário é um crítico do projeto. "Romário é contra tudo que é discutido para o bem do esporte, ele gosta somente de destruir. O projeto pode ter falhas, mas é pra isso que é necessário a discussão. Mas Romário, por causas de seus enormes rolos com clubes, ex-atletas, ex-técnicos, não quer solução, somente quer briga", disse um dos líderes da bancada que estava no jantar.

O ex-jogador fez um discurso contra o jantar criticando até o fato de Marin ter convidado o presidente da Câmara para ser o chefe da delegação brasileira num amistoso da seleção nos Estados Unidos. Romário disse que o presidente da CBF está tentando calar a Câmara dos Deputados com a troca de favores e benefícios.

Romário acusou ainda um funcionário da CBF – diretor de Assessoria Parlamentar – Vandenbergue Machado, de lobista.
"Ou Marin já está apresentando a fatura da CBF por ter concedido centenas de ingressos a parlamentares durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa das Confederações?, perguntou Romário em seu discurso na Câmara.

Participante do jantar, outro líder da Câmara falou sobre o que chamou de deselegância do Romário: "Romário extrapolou. Prestigiar o Congresso é importante nas democracias. Romário quer pegar carona no movimento das ruas, mas ele pensa que engana a quem?", perguntou esse parlamentar.

Irritados, parlamentares lembram dos "rolos de Romário", até mesmo fruto de uma matéria na Veja. Outros lembram também os processos do deputado federal, um dos quais muito parecido com um escândalo atual – o Telexfree (leia mais).

O parlamentar já foi condenado em primeira estância por crimes contra a Ordem Tributária e pode até mesmo perder o mandato se a condenação for confirmada no Superior Tribunal de Justiça. Preocupado com isso, Romário contratou Kakay o famoso criminalista. A estratégia de Romário é levar o processo para a prescrição.

A dor de cotovelo de Romário o levou a extrapolar em suas críticas dessa vez. Alguns parlamentares procuram agora seus desafetos em busca de mais rolos de Romário. Isso nem é preciso, já que uma pesquisa simples no Google revela desde agressões a torcedores e jornalistas – como é o caso da feita ao jornalista Lauro Jardim da Veja – até a problemas na Justiça de várias maneiras. Veja alguns:

'Marrento', Romário coleciona polêmicas na carreira - UOL

Romário ataca revista Veja em seu Twitter - Yahoo

Mano: 'Romário é um aproveitador' - O Dia

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247