Rosa Weber: crítica à urna eletrônica é 'desconectada da realidade'

A presidente do TSE, ministra Rosa Weber, criticou nesta terça-feira (18) as declarações do candidato da extrema-direita a presidente, Jair Bosonaro (PSL), que acusou as urnas eletrônicas de serem passíveis de fraudes; "Temos 22 anos de utilização de urnas eletrônicas. Não há nenhum caso de fraude comprovado. As pessoas são livres para expressar a própria opinião, mas quando essa opinião é desconectada da realidade, nós temos que buscar os dados da realidade. Para mim, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, as urnas são absolutamente confiáveis"

Rosa Weber: crítica à urna eletrônica é 'desconectada da realidade'
Rosa Weber: crítica à urna eletrônica é 'desconectada da realidade' (Foto: Carlos Moura/SCO/STF)

247 - A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, criticou nesta terça-feira (18) as declarações do candidato da extrema-direita a presidente, Jair Bosonaro (PSL), que acusou as urnas eletrônicas de serem passíveis de fraudes. 

"Temos 22 anos de utilização de urnas eletrônicas. Não há nenhum caso de fraude comprovado. As pessoas são livres para expressar a própria opinião, mas quando essa opinião é desconectada da realidade, nós temos que buscar os dados da realidade. Para mim, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, as urnas são absolutamente confiáveis", enfatizou Rosa Weber.

Do hospital, Bolsonaro, afirmou que a possibilidade de perder a eleição "na fraude" para o candidato do PT, Fernando Haddad, é "concreta". "O PT descobriu o caminho para o poder, o voto eletrônico", declarou o presidenciável.

O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, já havia rechaçado as declarações de Bolsonaro. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247