Rui Falcão: querem tirar Dilma para abafar Lava Jato

Presidente do PT, Rui Falcão, apontou "motivos sinistros" dos que tentam tirar Dilma Rousseff do poder, como o de abafar as investigações da Operação Lava Jato; segundo ele, tanto o vice-presidente Michel Temer como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), "acenam com a expectativa de que o combate à corrupção seja interrompido" daqui para a frente; "É de se supor, então, que muitos alimentem a ideia de que as investigações serão barradas. Esse é um dos motivos sinistros que se escondem atrás do golpe, além da troca de cargos", disse

Presidente do PT, Rui Falcão, apontou "motivos sinistros" dos que tentam tirar Dilma Rousseff do poder, como o de abafar as investigações da Operação Lava Jato; segundo ele, tanto o vice-presidente Michel Temer como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), "acenam com a expectativa de que o combate à corrupção seja interrompido" daqui para a frente; "É de se supor, então, que muitos alimentem a ideia de que as investigações serão barradas. Esse é um dos motivos sinistros que se escondem atrás do golpe, além da troca de cargos", disse
Presidente do PT, Rui Falcão, apontou "motivos sinistros" dos que tentam tirar Dilma Rousseff do poder, como o de abafar as investigações da Operação Lava Jato; segundo ele, tanto o vice-presidente Michel Temer como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), "acenam com a expectativa de que o combate à corrupção seja interrompido" daqui para a frente; "É de se supor, então, que muitos alimentem a ideia de que as investigações serão barradas. Esse é um dos motivos sinistros que se escondem atrás do golpe, além da troca de cargos", disse (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do PT, Rui Falcão, apontou "motivos sinistros" dos que tentam tirar Dilma Rousseff do poder, como o de abafar as investigações da Operação Lava Jato.

Segundo ele, tanto o vice-presidente Michel Temer como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), "acenam com a expectativa de que o combate à corrupção seja interrompido" daqui para a frente.

"É de se supor, então, que muitos alimentem a ideia de que as investigações serão barradas. Esse é um dos motivos sinistros que se escondem atrás do golpe, além da troca de cargos", disse ele, depois de chamar Temer de "conspirador-geral da República" e lembrar ações penais que tramitam contra Cunha no Supremo Tribunal Federal.

Falcão ressaltou ainda que Dilma é honesta, "ao contrário desses que comandam o golpe".

Leia aqui na reportagem de Vera Rosa sobre o assunto.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247