Salles abandona sessão na Câmara depois de culpar governos anteriores por queimadas

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, repetiu o que fez nos últimos encontros: culpou governos anteriores e saiu antes da sessão finalizar

(Foto: José Cruz - ABR)

247 - A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da Câmara, promoveu nesta quarta-feira (9) audiência pública para pedir ao ministro Ricardo Salles esclarecimentos sobre os números crescentes de desmatamento na Amazônia. Salles repetiu o que fez nos últimos encontros: culpou governos anteriores e saiu antes da sessão finalizar. A reportagem é do portal Congresso em Foco.

Três horas após o início da sessão, Salles avisou que teria que sair naquele momento. Ainda faltavam quatro deputados inscritos para falar, destes três eram governistas.

“Uma pena que ele não tenha ouvido a todos. No final deputados governistas abriram mão para que pudesse ser feito pergunta ainda pela última parlamentar que seria a deputada Taliria. Mesmo assim o ministro resolveu sair”, conta o presidente da comissão, Rodrigo Agostinho (PSB-SP). Salles não havia avisado que teria outro compromisso até aquele momento.

“Mais uma vez o ministro fugiu. Ele vem aqui e mente sobre vários dados, não responde as perguntas de vários deputados e escolhe a hora de ir embora”, desabafou a deputada Taliria Petrone (Psol-RJ).

Ao vivo na TV 247 Youtube 247