Sampaio cumpre promessa e vai à PGR contra Dilma

Líder tucano na Câmara dos Deputados, Carlos Sampaio (PSDB-SP) representou contra a presidente Dilma Rousseff por "improbidade administrativa"; o motivo: a presidente enviou um cartão de Boas Festas a todos os servidores públicos, o que, segundo Sampaio, configuraria abuso de poder econômico e uso da máquina pública; em resposta, PT definiu a iniciativa de Sampaio como "falta do que fazer"

Sampaio cumpre promessa e vai à PGR contra Dilma
Sampaio cumpre promessa e vai à PGR contra Dilma

247 - O líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP), cumpriu a promessa. Ontem, no penúltimo dia útil do ano, encaminhou representação contra a presidente Dilma Rousseff ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Segundo Sampaio, a presidente teria cometido "abuso de poder econômico" ao enviar um cartão de Boas Festas a todos os servidores públicos federais.

"O uso da máquina pública ficou configurado mediante a utilização de recursos materiais e de servidores do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, notadamente pela Secretaria de Gestão Pública, para o envio de mensagens de promoção pessoal da Presidente da República a todos os servidores públicos federais no dia 23 de dezembro de 2013", diz Sampaio na representação.

Dilma também agradeceu os servidores no Twitter. "É com carinho e reconhecimento que me dirijo aos servidores federais depois de um ano de trabalho árduo, e também de muitas conquistas. As vozes dos que foram às ruas querem melhores serviços públicos, mais médicos, mais educação, mais transporte de qualidade, mais segurança. Cabe a todos nós, servidores públicos, responder essas vozes", afirmou (Leia mais).

Em resposta à iniciativa de Sampaio, o PT apontou que ele teria "falta do que fazer".



Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247