Senado aprova auxílio emergencial para agricultura familiar e PL vai à sanção presidencial

Além de beneficiar agricultores, o projeto de lei abrange pescadores, aquicultores, silvicultores e extrativistas

Governo Bolsonaro suspende financiamento para agricultura familiar
Governo Bolsonaro suspende financiamento para agricultura familiar (Foto: Sergio Amaral/MDS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Senado aprovou na tarde desta quarta-feira, 5, o Projeto de Lei 735/2020, que destina auxílio emergencial para agricultura familiar em razão da pandemia, e prorroga o pagamento de dívidas dos agricultores. A matéria vai à sanção presidencial.

Além de agricultores, a proposta abrange pescadores, aquicultores, silvicultores e extrativistas. O texto foi produzido a partir de demandas apresentadas por segmentos populares e enfrentou grande resistência, na Câmara, por parte do governo, que travou a votação durante várias semanas sob a alegação de dificuldade de liberação de recursos.

O deputado Alexandre Padilha, um dos autores do PL, comemorou a aprovação pelo Senado. "Devemos pressionar para que Bolsonaro sancione a lei que é essencial para o povo. Sua caneta pode gerar ainda mais mortos que estão sem nenhum amparo durante essa crise", disse Padilha pelo Twitter

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247