Senado pretende retomar sessões presenciais em agosto para votações secretas

Retomada das reuniões presenciais foi definida nesta terça-feira (7). Encontros poderão ser adiados para setembro, caso a gravidade da pandemia do novo coronavírus não diminua

Plenário do Congresso - Promulgação da Emenda Constitucional nº 107 de 2020
Plenário do Congresso - Promulgação da Emenda Constitucional nº 107 de 2020 (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O  presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), anunciou que o parlamento irá se reunir presencialmente em agosto para votar os nomes indicados pelo governo para diferentes cargos na administração federal. A retomada das reuniões presenciais foi definida nesta terça-feira (7), em um encontro com os líderes partidários, com a condição de que as conversas poderão ser adiadas para setembro, caso a gravidade da pandemia do novo coronavírus não diminua. 

Caso seja realizada, a sessão de agosto será a primeira feita com a presença física dos senadores desde março, quando a crise sanitária chegou ao país. Desde o dia 22 daquele mês, o Senado vem realizado apenas sessões virtuais. 

Apesar da votação virtual de projetos ter sido realizada nos últimos meses, o setor de tecnologia não conseguiu assegurar o sigilo dos votos nos casos previstos pela Constituição, como o de indicações de autoridades.

Segundo reportagem do jornal O Globo, pelo menos 20 embaixadores indicados pelo governo Jair Bolsonaro já tiveram seus nomes aprovados pelos países de destino, mas aguardam autorização do Senado para assumirem os seus postos diplomáticos. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email