'Só quem não entende o povo não entende a força de Lula', diz Gleisi

"Só quem não entende o povo não entende o crescimento de lula, disse a senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffman, pouco após o Instituto Datafolha divulgar, nesta quarta-feira (22) uma nova pesquisa que aponta que o ex-presidente Lula lidera a corrida presidencial com 39% da preferência do eleitorado. "Isso mostra a força do Lula junto com o povo brasileiro e confirma a nossa caminhada até aqui" afirmou Gleisi em um vídeo postado nas redes sociais

'Só quem não entende o povo não entende a força de Lula', diz Gleisi
'Só quem não entende o povo não entende a força de Lula', diz Gleisi (Foto: Ricardo Stuckert)

247 - A senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que "só quem não entende povo não entende o crescimento e a fortaleza política de Lula". A afirmação de Gleisi foi feita pouco após o Instituto Datafolha divulgar, nesta quarta-feira (22) uma nova pesquisa que aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera a corrida presidencial com 39% da preferência do eleitorado. "Isso mostra a força do Lula junto com o povo brasileiro e confirma a nossa caminhada até aqui. Confirma a decisão que tivemos de defender Lula, de inscrevê-lo como candidato e de defender a sua candidatura", afirmou Gleisi em um vídeo postado nas redes sociais.

"Lula não é um bandido. Ele está preso injustamente e hoje ele significa esperança, a confiança do povo brasileiro", ressaltou. Nosso povo está sofrendo, submetido ao desemprego, a baixa renda, a falta de perspectiva. Por isso que Lula significa tanto e é por isso que estamos aqui: para dizer que ele é candidato e que vamos defender que a determinação do Comitê de Direitos Humanos da ONU seja aplicada no Brasil", destacou a presidente do PT em referência a decisão da instituição que assegurou o direito de Lula de disputar a eleição.

"A determinação da ONU não é brincadeira. O Brasil é signatário do acordo que se submete a essas decisões", emendou em seguida. Portanto, não adianta autoridades brasileiras, analistas políticos, jornalistas, desmerecerem, depreciarem o Comitê de Direitos Humanos da ONU", completou. Para ela, "não é possível que a gente (o Brasil) dê mais um vexame internacional".

"Dia após dia, o mundo tem olhado de forma muito crítica para o Brasil. Agora é o ex-presidente Fernando Henrique (Fernando Henrique Cardoso [PSDB]) dizendo que "Lula deve respeito". Quem deve respeito são vocês. Aliás, vocês devem pedir perdão ao povo brasileiro. Você, Fernando Henrique. Você e o seu partido, que foram arautos do golpe que estamos vivendo, que retiraram direitos do povo brasileiro", afirmou Gleisi no vídeo.

Veja o vídeo.  

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247