Solidariedade diz ter mais de 200 mil assinaturas pelo impeachment

Partido assegurou de Paulinho da Força afirma que a expectativa é que até o final de maio o total de assinaturas chegue a 1 milhão; alegação para o pedido de impeachment é a de que a presidente Dilma teria cometido "crime de responsabilidade por improbidade administrativa"

Partido assegurou de Paulinho da Força afirma que a expectativa é que até o final de maio o total de assinaturas chegue a 1 milhão; alegação para o pedido de impeachment é a de que a presidente Dilma teria cometido "crime de responsabilidade por improbidade administrativa"
Partido assegurou de Paulinho da Força afirma que a expectativa é que até o final de maio o total de assinaturas chegue a 1 milhão; alegação para o pedido de impeachment é a de que a presidente Dilma teria cometido "crime de responsabilidade por improbidade administrativa" (Foto: Paulo Emílio)

247 - O Solidariedade assegurou, nesta quinta-feira (2), ter conseguido mais de 200 mil assinaturas apenas em São Paulo para pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Segundo a direção do partido, a expectativa é que até o final de maio o total de assinaturas chegue a 1 milhão.

Na busca pelo impeachment, o Solidariedade tem conseguido apoio de diversos grupos, conservadores como o Revoltados Online, Vem Pra Rua e Movimento Brasil Livre, responsáveis pelas manifestações do último dia 15 contra o governo da presidente Dilma. Os grupos planejam novas manifestações para o próximo dia 12.

O Solidariedade alega como razão para o pedido de impeachment é que a presidente Dilma teria cometido "crime de responsabilidade por improbidade administrativa", conforme um parecer elaborado pelos juristas Ives Gandra Martins e Sérgio Ferraz.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247