STF desmente Bolsonaro: Supremo não impediu governo federal de atuar no enfrentamento da Covid-19

Em nota, o STF esclarece que "é responsabilidade de todos os entes da Federação adotarem medidas em benefício da população brasileira no que se refere à pandemia", o que joga pelo ralo a argumentação de Bolsonaro de que estaria de mãos atadas para traçar estratégias contra a Covid-19

Sede do STF
Sede do STF (Foto: Ag. Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Supremo Tribunal Federal (STF) publicou nota nesta segunda-feira (18) desmentindo o argumento tão utilizado por Jair Bolsonaro e seus apoiadores de que a Corte teria, ainda em 2020, impedido o governo federal de atuar nas políticas de combate à pandemia de Covid-19.

"Não é verdadeira a afirmação, em redes sociais, de que a Suprema Corte proibiu o governo federal de atuar no enfrentamento da Covid-19", disse o Supremo.

O episódio mais recente em que Bolsonaro se utilizou de tal alegação foi em entrevista a Datena na última sexta-feira (15). "Vou repetir aqui: qual moral tem João Doria e Rodrigo Maia em falar em impeachment ou me acusar disso tudo que está acontecendo aí, se eu fui impedido pelo Supremo Tribunal Federal de fazer qualquer ação em combate a coronavírus em estados e municípios? Pelo Supremo Tribunal Federal, eu tinha que estar na praia agora, Datena, tomando uma cerveja".

A Corte esclareceu que a decisão do Plenário foi no sentido de que a União, estados, Distrito Federal e municípios "têm competência concorrente" na área da saúde pública e em estratégias de combate ao coronavírus. "Esse entendimento foi reafirmado pelos ministros do STF em diversas ocasiões. Ou seja, conforme as decisões, é responsabilidade de todos os entes da Federação adotarem medidas em benefício da população brasileira no que se refere à pandemia”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email