Temer anuncia o pitbull Aloysio para o Itamaraty

Depois do fiasco de José Serra, que brigou com países vizinhos e não conseguiu fazer com que o Brasil tivesse nem o respeito dos Estados Unidos, Michel Temer escolhe o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) para o Itamaraty; delatado pelas empreiteiras, Aloysio viajou aos Estados Unidos antes do golpe para pedir apoio à deposição da presidente eleita Dilma Rousseff; o tucano também é investigado no STF sob a acusação de crime eleitoral; anúncio ocorreu após o senador se reunir nesta tarde com Temer no Planalto

Depois do fiasco de José Serra, que brigou com países vizinhos e não conseguiu fazer com que o Brasil tivesse nem o respeito dos Estados Unidos, Michel Temer escolhe o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) para o Itamaraty; delatado pelas empreiteiras, Aloysio viajou aos Estados Unidos antes do golpe para pedir apoio à deposição da presidente eleita Dilma Rousseff; o tucano também é investigado no STF sob a acusação de crime eleitoral; anúncio ocorreu após o senador se reunir nesta tarde com Temer no Planalto
Depois do fiasco de José Serra, que brigou com países vizinhos e não conseguiu fazer com que o Brasil tivesse nem o respeito dos Estados Unidos, Michel Temer escolhe o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) para o Itamaraty; delatado pelas empreiteiras, Aloysio viajou aos Estados Unidos antes do golpe para pedir apoio à deposição da presidente eleita Dilma Rousseff; o tucano também é investigado no STF sob a acusação de crime eleitoral; anúncio ocorreu após o senador se reunir nesta tarde com Temer no Planalto (Foto: Gisele Federicce)

247 - Após uma gestão medíocre liderada por José Serra no Ministério das Relações Exteriores, Michel Temer anunciou nesta quinta-feira 2 o nome do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) para o cargo.

Serra deixou o ministério da semana passada alegando motivos de saúde. Durante sua permanência no comando da pasta, ele brigou com países vizinhos e não conseguiu fazer com que o Brasil tivesse nem o respeito dos Estados Unidos (relembre aqui).

Já Aloysio, delatado pelas empreiteiras na Lava Jato, viajou aos Estados Unidos antes do golpe para pedir apoio à deposição da presidente eleita Dilma Rousseff. O anúncio de Temer foi feito após uma reunião de Aloysio com Temer nesta tarde no Palácio do Planalto.

O senador será mais um na lista de investigados que forma o governo Temer. Ele é alvo de um inquérito no Supremo Tribunal Federal, aberto por determinação do ministro Celso de Mello em setembro passado, por possível crime eleitoral de falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

A investigação tem como base a delação premiada do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC, que disse que Aloysio teria recebido R$ 300 mil de forma oficial e R$ 200 mil em dinheiro via caixa dois para sua campanha ao Senado em 2010. As doações, oficiais ou não, eram pagamentos de propina para obtenção de contratos com a Petrobras, afirmou Pessoa.


Confira o pronunciamento feito para anunciar o nome de Aloysio:

O presidente da República indicou, na tarde de hoje, o Senador Aloysio Nunes Ferreira, de São Paulo, para assumir o Ministério das Relações Exteriores.

Homem público de larga experiência política, seja no Legislativo, seja no Executivo, o Senador Aloysio Nunes Ferreira tem uma longa trajetória de engajamento nas causas da diplomacia brasileira e na agenda internacional do Brasil.

Seu período como Presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal é exemplo claro do elevado valor e das importantes contribuições que o Senador Aloysio Nunes Ferreira traz para a promoção e a defesa dos interesses de nossa política externa.

Ao desejar-lhe êxito em sua missão, o Presidente Michel Temer reitera a confiança que já lhe manifestou hoje pessoalmente em sua ampla capacidade de chefiar o Itamaraty.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247