Temer articula apoio de Alckmin ao impeachment

Vice-presidente Michel Temer pode encontrar-se com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PMDB) neste fim de semana em São Paulo; segundo a colunista Mônica Bergamo, Temer deve repetir a ele o que disse a senadores do PSDB em Brasília: em caso de impeachment, buscará um governo de "união nacional"; E não será candidato à reeleição em 2018, deixando o caminho livre para postulantes como o governador paulista; articulação eleva possibilidade de participação do PSDB num eventual governo Temer

DF - DILMA/TRANSIÇÃO - POLÍTICA - O vice-presidente eleito Michel Temer (PMDB) durante reunião da equipe de transição de governo da presidente eleita Dilma Rousseff no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, nesta segunda-feira.  08/11/2010 -
DF - DILMA/TRANSIÇÃO - POLÍTICA - O vice-presidente eleito Michel Temer (PMDB) durante reunião da equipe de transição de governo da presidente eleita Dilma Rousseff no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, nesta segunda-feira. 08/11/2010 - (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O vice-presidente Michel Temer pode encontrar-se com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PMDB) neste fim de semana em São Paulo.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha, neste sábado, 5, Temer deve repetir a ele o que disse a senadores do PSDB em Brasília: em caso de impeachment, buscará um governo de "união nacional". E não será candidato à reeleição em 2018, deixando o caminho livre para postulantes como o governador paulista.

Em outubro, parlamentares ligados a Temer procuraram Alckmin para dizer a mesma coisa. O governador ouviu –mas seguiu desconfiado.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247