Temer ataca seus aliados enrustidos

Segundo a jornalista Andréia Sadi, da Globo, Temer teria feita um último apelo aos deputados para derrubar a denúncia contra ele em jantar na noite desta terça; segundo a repórter, Temer teria dito que é procurado por pessoas que dizem o adorar, que ele "honra o país", mas justificam que não podem votar nele nesta quarta-feira 25 por conta da pressão das bases eleitorais; Temer disse que o único sentimento que tem é de "pena" desses parlamentares

temer
temer (Foto: Gisele Federicce)

247 - Michel Temer tem atacado seus aliados enrustidos, ou seja, os que dizem que o apoiam, mas não têm coragem de votar contra ele, para não perder votos em 2018.

Segundo informa a jornalista Andréia Sadi, em seu blog no G1, Temer teria feita um último apelo aos deputados para que votassem para derrubar a denúncia da PGR contra ele em um jantar na noite desta terça-feira 24, oferecido pelo deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG).

Segundo a repórter, Temer teria dito que é procurado por pessoas que dizem o adorar, que ele "honra o país", mas justificam que não podem votar nele nesta quarta-feira 25 por conta da pressão das bases eleitorais. Temer disse que o único sentimento que tem é de "pena" desses parlamentares.

"O único sentimento que tenho é de pena. Aquela figura, que, às vezes, é até maior do que eu, vai se apequenando, e a impressão que tenho é que é do tamanho do meu sapato", afirmou Temer aos convidados. Ele disse acreditar que os presentes no jantar votariam "com o coração" contra a denúncia.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247